Atendimento 24h (11) 97422-2158

Como Funciona a Internação no CAPS

24/03/2024

Como Funciona a Internação no CAPS

Entendendo o Processo de Internação no CAPS: Suporte para Dependentes Químicos

 

Os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) desempenham um papel fundamental no tratamento e na reabilitação de pessoas com transtornos mentais, incluindo a dependência química. Estabelecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), os CAPS oferecem uma abordagem integrada e humanizada para o cuidado de pacientes, incluindo a possibilidade de internação quando necessário. Neste artigo, exploraremos como funciona o processo de internação no CAPS, destacando os critérios de elegibilidade, os tipos de internação disponíveis, o papel da equipe multidisciplinar e os benefícios desse modelo de cuidado na recuperação de dependentes químicos.

 

Estrutura e Funcionamento do CAPS

 

Os CAPS são unidades especializadas em saúde mental que oferecem assistência ambulatorial e comunitária para pessoas com transtornos mentais graves e persistentes, incluindo a dependência química. Essas unidades são compostas por uma equipe multidisciplinar, que inclui psiquiatras, psicólogos, assistentes sociais, enfermeiros e outros profissionais de saúde mental, trabalhando em conjunto para oferecer um atendimento abrangente e integrado.

 

Critérios de Elegibilidade para Internação

 

A internação no CAPS é indicada para pacientes que apresentam quadros graves de dependência química, com comprometimento significativo da saúde e da qualidade de vida. Os critérios de elegibilidade para internação variam de acordo com a gravidade do quadro clínico, a necessidade de cuidados intensivos e a capacidade do paciente de se beneficiar do tratamento oferecido no CAPS.